26 de nov de 2016

A verdade está lá fora #7 I O início da grande invasão alienígena

Olá pinguins! Sejam bem vindos ao sétimo capítulo de A verdade está lá foraVamos acompanhar os agentes nesse combate a essa dominação alienígena!

*Desculpem pelo atraso, o capítulo foi postado hoje, mas o próximo capítulo será domingo que vem!


Sede temporária da EPF no Instituto de Autópsias da EPF 10:25 AM.

Dentro de uma sala George e Lililuane se lamentavam pela morte do amigo. 

- Teremos que deixar ele aqui mesmo por enquanto, em todo lugar tem alienígenas! - diz George

- Ok. - diz Lililuane chorando

Os dois saem da sala, Dot e Gary tinham acabado com vários alienígenas com tiros certeiros. 

- Acho que devemos agora sair daqui do instituto e ir para as áreas habitadas do Club Penguin combater esses alienígenas. - diz Gary

- Concordo, George pegue essa arma, ela será útil! Agora vamos todos combater esses alienígenas! - diz Dot

Os agentes saem correndo do instituto e vão em direção ao Centro, em poucos minutos eles chegam até lá.

Centro10:30 AM.

Os agentes se deparam com um exército alienígena exterminando a população, no meio de toda movimentação e carnificina estavam Eduerafa, Novak, Juh e Danielps escondidos em um canto. Danielps nota a presença dos agentes e vai até eles, os outros vão logo atrás.

- Agentes! Eu e minha companheira Juh e também Novak e Eduerafa estamos tentando escapar dessa invasão! Nos ajudem! - diz Danielps desesperado

- Peguem essas armas! Elas serão muito úteis, precisamos conter essa invasão alienígena e também ajudar a população. Juh e Danielps irão ajudar a população, Eduerafa e Novak ficaram em outro lugar da ilha combatendo os alienígenas, enquanto isso eu e o resto dos agentes irão combater os alienígenas também! - diz Dot

Juh e Danielps corriam para o Plaza, Eduerafa e Novak corriam para o Farol, George consolava Lililuane na mesa do lado de fora do Café e Dot e Gary combatiam os alienígenas ali mesmo no Centro.

Plaza e Hotel Puffle10:35 AM.

Juh e Danielps olhavam para todos os cantos procurando por alienígenas, então eles percebem alienígenas chegando da Floresta.

- Entrem no Hotel Puffle! - diz Juh assustada

Os pinguins percebem os alienígenas e obedecem a ordem de Juh. Todos entram no Hotel Puffle, e a maioria acaba subindo para os andares superiores, no térreo (Saguão do Hotel) os pinguins colocavam móveis e objetos na frente das portas para tentar conter os alienígenas.

Juh, Danielps e vários pinguins subiam os andares, alguns pinguins ficaram no Spa do Hotel, mas Juh e Danielps foram até a Cobertura do Hotel juntamente com alguns pinguins. 

De repente um raio laser vindo da grande arma laser dos alienígenas atinge em cheio a Cobertura do Hotel fazendo ela ficar em ruínas, o chão da Cobertura do Hotel desaba caindo em cima do Spa do Hotel, vários pinguins morreram e muitos saíram feridos, Juh estava se segurando em um poste de madeira na Cobertura do Hotel, ela estava ferida, e Danielps havia caído no andar inferior e estava ferido também, um grande cheiro de fumaça se espalhava pelo local, Juh não tinha mais forças e acabou se soltando do poste de madeira e caiu no andar inferior com tudo. Danielps se levantou e ajudou os pinguins a sair daquele local pelo elevador, logo depois ajudou Juh a se sentar.

Mas, um novo sentimento entre eles tomou conta, e os dois acabaram se beijando em meio a todo caos do local, esse sentimento deu forças aos dois que se levantaram e desceram até o Saguão do Hotel para ajudar mais pinguins.

A portas acabaram sendo arrombadas e os alienígenas entraram atirando, Juh e Danielps se esconderam atrás do balcão da Recepção, de lá eles atiravam nos alienígenas que acabavam ficando de costas para eles, mas então um alienígena percebeu os dois lá e começou a atirar no balcão.

Juh e Danielps pularam em cima do balcão e deram um tiro certeiro no alienígena, e então Juh e Danielps correram para fora do Saguão do Hotel juntamente com vários pinguins.
.
Farol10:45 AM.

No Farol, Novak e Eduerafa tentavam conter dois alienígenas que ali estavam. Assim como o pinguins do Hotel Puffle, eles colocaram vários móveis e objetos na frente da porta de entrada, impedindo a passagem dos alienígenas, em poucos minutos se percebe que os alienígenas tentam arrombar a porta e empurrar todos os objetos e móveis. 

Então Novak e Eduerafa sobem as escadas correndo para o Posto de Observação, de lá de cima eles escutam os alienígenas arrombando a porta e tirando os móveis da frente dela.

Os alienígenas não veem Eduerafa nem Novak, então sobem as escadas até o Posto de Observação. 

Eduerafa, Novak e os alienígenas ficam cara a cara. Não tinha saída, até que Novak pulou de cima do Farol e caiu no mar, Eduerafa fez o mesmo logo depois.

Os dois saem são e salvos.

Centro10:50 AM. 

Todos acabam se encontrando no Centro. 

- Acho que é melhor a gente descobrir a base desses alienígenas e acabar com o mal direto da raiz! - diz Gary

Todos agentes começam a discutir e concordam com o que Gary havia dito. De repente os alienígenas aparecem, eles estão em todas as passagens de uma sala para outra, ou seja, os agentes estão sem saída.

Mas todos não contavam com a chegada de Paul, em um carro de neve com um raio laser no teto. Paul usou o raio sem piedade, acabando com uma horda de alienígenas. 

- Rápido! Subam! - diz Paul ajudando todos a subirem no veículo

- Para onde vamos? - diz Gary

- Para o instituto! Eu chamei um exército de agentes para conter esses alienígenas, só a gente não será suficiente para deter todos esses alienígenas. - diz Paul

Área inóspita11:00 AM.

Todos concordam com Paul, mas no meio do caminho o carro de neve, acaba deslizando ladeira abaixo, e todos acabam desacordados, minutos depois os agentes acordaram e acabaram perdidos.

- Que ótima hora para a gente se perder bem em uma área inóspita da ilha. - diz Dot

- Devemos tomar cuidado, pois pode haver alguns alienígenas por aí. - diz Paul

Enquanto isso os agentes sentavam em pedras e troncos e Gary fazia uma fogueira. George fazia curativos em Eduerafa, tudo parecia estar sob controle pelo menos por enquanto.

Os agentes discutiam sobre o que iriam fazer para combater os alienígenas. Eduerafa resolveu andar pelas redondezas.

Sem perceber ele acabou se perdendo do local onde estavam os agentes, mas ela acabou achando um enorme galpão cheio de naves alienígenas, e havia vários alienígenas por ali.

Galpão-base dos alienígenas11:20 AM.

Ele resolveu se aproximar, ele subiu em cima de uma árvore muito próxima do galpão e observava toda movimentação, mas acabou sendo visto por um alienígena, ele foi capturado e foi levado para o interior do galpão, onde estava Theodore.

- Espere aí, quer dizer que você está ajudando os alienígenas? Seu traidor! - diz Eduerafa

- Fique quieto seu verme! Você não passa de um fazendeiro de nada! Eu consegui o que queria, me aliei aos alienígenas e agora vou ganhar poder juntamente com eles. - diz Theodore

- Você só deve estar falando de você mesmo, você é o verme desta história! Há muito tempo minha família foi atacada por esses alienígenas e parece que hoje você em vez de inverter essa história, está querendo acabar com a ilha, fazer mais vítimas. - diz Eduerafa com muita raiva

- Eu irei tenho poder juntamente com os alienígenas! Agora só resta acabar definitivamente com a EPF, eu capturei pessoas de altos cargos da EPF e também aliados dela. Todos seus amiguinhos e alguns outros pinguins insignificantes estão em cápsulas de congelamento! Exceto aquele idiota do Drake, que está em uma camisa de força, sendo torturado. Mua Ha Ha Ha, iremos arrancar todas informações dele. - diz Theodore

- Você é realmente um traidor! Então você se aliou aos alienígenas por causa de poder? - diz Eduerafa

- Eu me aliei para acabar com todos esses pinguins e com essa ilha, e mostrar também que a EPF é insignificante. E mostrar quem manda nessa porcaria toda! São os alienígenas e eu. Mua Ha Ha Ha. - diz Theodore

Enquanto isso, Drake estava debilitado, por levar vários choques. Agora arrancaram as informações que precisavam, e com isso a invasão final já estava totalmente planejada.

Pela ilha inteira via-se os alienígenas, eles acabaram de iniciar sua dominação na ilha. Seria uma hegemonia sem fim?

''Pinguim por pinguim, prédio por prédio, e a antiga Ilha Club Penguin deixará de existir em breve! - Theodore''

Esse foi o 7° capítulo de A verdade está lá fora. Fiquem atentos, pois domingo que vem teremos o 8° capítulo! Até mais e... Pinguinando!