25 de out de 2016

Entrevista com Screenhog!

Olá, pinguins! Bryan digitando. Hoje estou aqui trazendo um artigo muito divertido para vocês leitores, desta vez eu fui a procura do famoso Screenhog para entrevistá-lo e fazer algumas perguntas para minha matéria! Ficou curioso e quer saber como foi a entrevista? A entrevista está logo abaixo. Espero que se divirtam. Continue lendo essa postagem para ler a entrevista completa:    


Bryan Gelino: Olá Screenhog, você poderia me dar um pouco do seu tempo para fazer uma entrevista?

Screenhog: Sim, eu posso!

Bryan Gelino: Muito obrigado. Eu gostaria de fazer algumas perguntas e também vou selecionar algumas perguntas de seus fãs! Alguns pinguins da ilha deixaram algumas perguntas para você. Espero que você possa responder.

Screenhog: Eu vou tentar!

Bryan Gelino: O pinguim Madzom8ie perguntou se você consideraria trabalhar no Club Penguin novamente!

Screenhog: É muito improvável que eu seria contratado lá novamente, mas eu estaria disposto a fazer trabalho com a música, como antes (eu fiz muitas canções para o Club Penguin depois que eu saí da Disney em 2010).

Bryan Gelino: Isto é incrível. Então algumas das músicas antigas foi você que ajudou a produzir?

Screenhog: Sim, eu compus muitas canções para Club Penguin. Os primeiros foram para os jogos Gelo Fino e Pizzatron 3000.

Bryan Gelino: Então quer dizer que essas músicas estão presentes até hoje no jogo ou foram substituídas?

Screenhog: Eu acho que eles ainda estão lá. A maioria das canções que eu fiz foram para as festas ou peças de teatro, no entanto, você não deve ter ouvido-as muitas vezes! 

Bryan Gelino: Sim, eu devo lembrar de algumas canções das peças, mas não todos, sou da época de 2013!

Bryan Gelino: O pinguim Nicoray perguntou: Você ainda tem quaisquer especiais, memórias do CP, pelúcias? 

Screenhog: Eu tenho poucos dos pinguins de pelúcia originais (incluindo o golden Viking Helmet... Eu entendo que é muito raro agora).

Bryan Gelino: Sim, hoje em dia é muito raro!

Bryan Gelino: O pinguim Spooky Cat 107 perguntou: Qual foi sua coisa favorita sobre trabalhar no CP?

Screenhog: A equipe. Eu me divertia muito ao trabalhar com ele, e eu sinto falta deles. (Mas eu não perdi todos eles, porque alguns trabalham agora na Hiper Hippo.)

Bryan Gelino: Você deve mesmo ter feito muitos amigos, deve ser bem divertido trabalhar ao lado de pessoas amigas, eu espero que você ainda tem contato com eles!

Bryan Gelino: O pinguim Flippy perguntou: Qual foi o seu projeto favorito quando você trabalhou no Club Penguin? #AskScreenhog

Screnhog: Eu realmente gostava de fazer a festa April Fools. Sendo aleatória e estranha foi divertido, e a April Fool de 2007 foi a única festa que eu conheço que todo artista do Club Penguin participou.

Bryan Gelino: As festas de April Fools, além de serem engraçadas são bastante estranhas e divertidas. Devo dizer que você sabe como colocar um sorriso no rosto de um pingüim, até hoje eles têm comentado sobre isso.

Bryan Gelino: Agora vamos às minhas perguntas. Okay?

Screenhog: Ok.

Bryan Gelino: Você pode nos contar um pouco de como foram criados os sons do jogo?

Screenhog: Eu não tenho certeza se há algo muito interessante para contar. Nós muitas vezes adicionamos um monte de efeitos sonoros para que o jogo pudesse carregar mais rápido. Mas se você jogar Pescaria no Gelo, e chegar à cena final, onde o pinguim puxa para cima o peixe grande, o som do carretel da vara de pesca não é realmente um som vara de pesca. É uma roleta.

Bryan Gelino: Isso é muito interessante, eu me lembro de pescar o Mullet, o som parece muito com o de uma roleta mas também é semelhante ao de uma vara de pesca! Bem, vamos a próxima pergunta! Você se lembra como chegou até o Club Penguin?

Screnhog: Eu conheci Lance Priebe, que criou o Club Penguin, desde 2000 (16 anos!). Eu tinha feito algumas empreitadas de arte para ele antes, e em 2005, ele entrou em contato comigo e disse que havia um trabalho muito maior chegando: seu mundo Experimental Penguins. Ele perguntou se eu queria fazer parte da equipe, e eu disse que sim. Fui contratado pelo New Horizon Interactive (que fez o Club Penguin original). Eles eram uma empresa de desenvolvimento web, e eu fiz alguns trabalhos em Flash aleatórios por alguns meses, enquanto eles estavam prontos para começar a fazer o Club Penguin. Então, meu trabalho era descobrir como alguns dos primeiros recursos do Club Penguin nós iriamos trabalhar (camadas de roupa, móveis de iglu, esse tipo de coisa).

Bryan Gelino: Então os primeiro conceitos do jogo foi você quem ajudou a criar?

Screenhog: Alguns deles. Lance era o único que pensava-se mais do mesmo, mas eu tinha que resolver desafios como "como é que vamos ter pinguins que vestem um monte de diferentes itens de vestuário sem fazer o jogo demorar muito tempo para carregar?" Lembre-se, alguns de nossos usuários ainda estavam em modems de internet muito lentas no momento.

Bryan Gelino: Nos dias de hoje até que o jogo não é tão lento. Mas devo dizer que você fez um ótimo trabalho! Bem, depois de um longo tempo com o mesmo sistema o Club Penguin vai inovar, trazendo o PSS. O que você acha deste projecto que está sendo esperado por muito tempo?

Screenhog: Sim, muitas das soluções que usamos, então não seria necessário agora. PSS parece bonito, mas eu não sei muito sobre como você realmente vai jogar o jogo. Espero que os fãs do Club Penguin desfrutem de conversar, imaginar e tocar juntos no PSS, tanto quanto eles gostam de fazer as coisas no Club Penguin.

Bryan Gelino: Estamos todos muito ansiosos para fase de testes beta que vai acontecer no mês de Novembro. Como você sabe Spike Hike deixou a equipe do Club Penguin. O que você pensa sobre isso?

Screenhog: Eu sei que ele era um grande fã do próprio Club Penguin. Espero que quem esteja tomando o seu lugar ame o jogo tanto quanto ele.

Bryan Gelino: Todos nós esperamos que o novo CEO seja Megg, mas como Spike Hike disse: o CEO somos nós, a comunidade. Muitos moderadores assistiram ao seu evento de despedida.

Bryan Gelino: Vamos para a última pergunta. Que nota você daria para o Club Penguin hoje, uma nota de 1 para 0 e por quê?

Screenhog: Eu não tenho jogado Club Penguin em um ano ou dois, infelizmente. Não sei muito do que é como agora. Mas ouvi dizer que não há muitas coisas novas no jogo ultimamente, o que é triste. Club Penguin é melhor quando ele inspira e cria imaginação. Eu daria a arte do jogo um 10 de 10, 
mas a imaginação eu daria um 6 de 10 (com base no que eu ouvi sobre o jogo, de qualquer maneira).

Bryan Gelino: Infelizmente, muitos jogadores não andam tão satisfeitos com o desempenho do jogo, mas eu sei que a equipe está dando o máximo de si para nos fazer felizes! Vamos para a última pergunta. Em qual projeto você tem trabalhado agora? E se você pudesse entrar em outra área do emprego, qual seria?

Screenhog: Isso são duas perguntas :) No Hiper Hippo, eu trabalho em uma série de diferentes projetos. A maioria são coisas que não posso falar. Se eu fosse entrar em outra área do emprego, isso seria o tempo inteiro compondo músicas ou então seguir uma carreira completamente 
diferente. Sentado em um computador o dia inteiro até poder ficar duro em sua saúde.

Bryan Gelino: Como sempre, você vai surpreender-nos! Eu realmente gosto do lado musical, faço aulas e teclado e canto, é como se a música fosse parte de mim! 

Bryan Gelino: Bom, você quer fazer o ping pong de perguntas ou deseja terminar a entrevista? 

Screenhog: Claro, vamos tentar as perguntas curtas!

Bryan Gelino: Vai começar agora o Ping Pong de Perguntas :)


Bryan Gelino: Eu vou falar algo e você deve tentar responder com o máximo de palavras possíveis.

Uma comida -

Screenhog: Cereja.

Bryan Gelino: Um personagem -

Screenhog: Wakko Warner.

Bryan Gelino: Isso é divertido, ele é um personagem super legal. Um medo -

Screenhog: Um ciclista sem capacete dirigindo.

Bryan Gelino: Isso é muito perigoso, até eu tenho um pouco de medo. Uma cor -

Screenhog: Laranja.

Bryan Gelino: Club Penguin é -

Screenhog: Imaginativo.

Bryan Gelino: Hyper Hippo é -

Screenhog: Fazemos jogos menores.

Bryan Gelino: Legal, agora vamos terminar com algo que você tenha nojo -

Screenhog: Pessoas usando muita maquiagem.

Bryan Gelino: Na minha opinião as pessoas não devem usar maquiagem, cada um é bonito do jeito que está. Você concorda?

Screenhog: É sua escolha. Mas as pessoas colocam muita ênfase sobre sua aparência, e julgam os outros de como eles se parecem muito.

Bryan Gelino: Sim, isso é bastante comum hoje em dia. Bem, para terminar a nossa entrevista, eu gostaria de saber se você tem alguma mensagem para seus fãs, as pessoas que seguem o seu trabalho e que inspiram em você, como eu haha!

Screenhog: Eu incentivo qualquer fã do Club Penguin a serem criadores. Fazer algo. Desenhos, música, refeições, cerâmica ... aprender a fazer alguma coisa. Não basta consumir e esperar pelos outros para entretê-lo. Não desanime quando você não é o melhor para ele ... isso não importa.

Bryan Gelino: Esta é realmente uma grande mensagem de motivação! Bem, eu gostaria de lhe agradecer por nossa entrevista, obrigado por dedicar um pouco do seu tempo para responder algumas perguntas, estou feliz por ser capaz de entrevistar um dos grandes nomes da história do nosso jogo!

Screenhog: De nada. Obrigado por ser tão grande fã.

Bryan Gelino: De nada! Agora é hora de voltar para a ilha Club Penguin para editar a nossa incrível entrevista, mais uma vez, muito obrigado. Abraços gelados e Pinguinando!

Bom pessoal, essa foi minha entrevista com o Screenhog, espero que tenham gostado e que tenham se divertido, me desculpem se a entrevista ficou muito grande, é que eu achei melhor deixar grande para que vocês possam ler e se divertir por um longo tempo. Espero poder entrevistar mais personalidades incríveis como Screenhog e Rsnail no futuro, eu fiquei muito feliz em trazer essa entrevista para vocês. Deixe-nos saber o que você achou da entrevista nos comentários abaixo! Abraços gelados e Pinguinando!